Nova Empresa Intermunicipal Águas do Interior Norte vai arrancar em 2020

Processed with MOLDIV

Nova Empresa Intermunicipal Águas do Interior Norte vai arrancar em 2020

Desde há muito que os municípios de Trás-os-Montes e Alto Douro e em particular os municípios da Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro) têm vindo a sentir a necessidade de se unir para otimizar a gestão dos serviços de águas, designadamente na produção e distribuição de água potável e recolha e tratamento de águas residuais.

Assim, reunidos no Concelho de Freixo de Espada à Cinta, no dia 25 de Maio de 2016, deliberaram promover a gestão conjunta dos serviços de abastecimento público de água e de saneamento de águas residuais urbanas, através de uma entidade empresarial com abrangência intermunicipal, abrangendo um conjunto dos Municípios a Norte do Douro.

O processo de constituição da nova empresa teve início há cerca de dois anos com a elaboração dos estudos jurídico-financeiros e foi conduzido pela EMARVR, em “estreita articulação” com técnicos de todos os municípios envolvidos e com o auxílio de algumas entidades externas.

Tendo obtido “visto prévio” do Tribunal de Contas em setembro para a constituição da Águas do Interior Norte, E.I.M., S.A. (AIN),  esta foi hoje formalmente criada, através de Escritura Pública, numa cerimónia realizada no Edifício do Ex-Governo Civil em Vila Real, pelas 11h30. A cerimónia foi presidida pelo ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes e contou com a presença de Inês dos Santos Costa, secretária de Estado do Ambiente, entre outras entidades.

Reunindo os municípios de Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Mesão Frio, Sabrosa, Murça, Peso da Régua, Torre de Moncorvo e Freixo de Espada à Cinta, a Águas do Interior Norte irá realizar, através de um contrato de gestão delegada a exploração e gestão dos serviços públicos de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais urbanas desses municípios, investindo fortemente na renovação das infraestruturas.

Servindo 105 mil habitantes, perspectiva-se que no primeiro trimestre de 2020, os clientes comecem a receber em suas casas as faturas já emitidas pela nova entidade.